Tendinites / tendinopatias do quadril

Atualizado: Fev 10

São várias as lesões que podem acometer os tendões, e elas podem estar relacionadas a traumas, inflamações ou problemas de vascularização, por exemplo. Quando a alteração no tendão é causada pela degeneração do colágeno, ela é chamada de tendinose. Já as inflamações são chamadas de tendinite. Ambas as condições são tendinopatias - problemas que afetam os tendões - e podem estar relacionadas.


O tendão é um tecido fibroso que liga os músculos aos ossos. Ele é espesso, tem pouca elasticidade e está presente em diversos músculos do corpo humano. Onde há tendão é possível haver tendinopatias.


Quando a tendinite ocorre no quadril, a inflamação acomete um ou mais tendões dos músculos glúteos, responsáveis pela abertura da articulação. Na região do quadril, além de tendões, há bursas, que são pequenas bolsas de líquido sinovial, fluido responsável por lubrificar a cartilagem. Tanto os tendões quanto as bursas podem inflamar. Quando a inflação ocorre na bursa, o problema é chamado de bursite. Quando os tendões inflamam, trata-se de tendinite. Algumas vezes os sintomas se confundem, e o diagnóstico correto é fundamental para a escolha do tratamento adequado.



Veja também: bursite do quadril


Causas e fatores de risco


As tendinopatias do quadril normalmente são causadas por esforços repetitivos e fraqueza muscular, que geram sobrecarga nos tendões e impactos contra proeminências ósseas.


Praticantes de esportes ou atividades físicas podem estar mais sujeitos às lesões, principalmente se mudam a intensidade ou a duração do treino de maneira intensa ou sem o preparo adequado. Estar acima do peso ou ter algumas alterações biomecânicas podem levar ao quadro, como caminhar mancando, condição que causa sobrecarga de outras estruturas corporais. O desgaste natural dos tendões, que ocorre com o passar dos anos, também pode influenciar para casos de tendinopatia do quadril.


Principais sintomas


A dor na lateral do quadril, que pode irradiar para a coxa, é um dos principais sintomas de tendinite e tendinose no quadril, que podem causar também ardor, falta de flexibilidade e perda de força. O desconforto pode piorar com a movimentação do corpo e causar dificuldades de mobilidade para o paciente.


Dor no quadril é um dos sintomas da artrose. Saiba mais.


Diagnóstico


Um exame físico realizado por um médico especializado pode comprovar o quadro clínico de tendinites e tendinopatias do quadril, por meio de avaliações sobre a sensibilidade e a mobilidade do paciente, por exemplo. Exames de imagem podem indicar possíveis alterações anatômicas que levam ao quadro.


Tratamentos


O principal tratamento para tendinopatias é conservador, por meio de Fisioterapia. Em um primeiro momento, as sessões podem ajudar no alívio da dor e de possíveis edemas e inflamações. O tratamento prolongado ajuda a corrigir as causas que levam à inflamação

ou degeneração do tendão.

Confirmar a origem do problema é essencial para traçar a estratégia terapêutica e receber as orientações e o tratamento mais adequados. Se for tendinite, por exemplo, é preciso considerar a inflamação do tendão. Se houver tendinose, é importante realizar a reparação do colágeno por meio de exercícios terapêuticos controlados.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Telefone: (11) 3641-4163 ou

Celular: (11) 9 9559-5619

Estacionamento nos locais com manobrista

GERF Unidade Higienópolis

Rua Mato Grosso, 128 - 5º Andar

São Paulo - SP | CEP 01239-040

GERF Unidade Morumbi

Rua José Jannarelli, 75 - 4º Andar

Vila Progredior - São Paulo - SP | CEP 05615-000

Contato

© 2020 por GERF FISIOTERAPIA.

  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Instagram Ícone